Ouça agora na Rádio

Ouça agora

30 dias se passaram do crime que chocou o sudoeste. Douglas de Mello foi morto e teve o corpo queimado

30 dias se passaram do crime que chocou o sudoeste. Douglas de Mello foi morto e teve o corpo queimado

Postado em 16/03/2021 por

Compartilhe Agora
Douglas de Mello, 27 anos

Nesta terça feira, dia 16, está completando 30 dias do crime que chocou Saudade do Iguaçu e todo o sudoeste, onde foi morto Douglas de Mello, 27 anos, o qual foi cruelmente assassinado e teve o corpo queimado.

Douglas havia saído de casa na noite da segunda feira, dia 15, e não retornou mais. Preocupados com o sumiço, familiares começaram a procurar por ele na manhã do dia seguinte, sendo que no final da tarde da terça feira, dia 16, seu irmão Alexandre, encontrou o corpo do irmão em uma construção de uma casa na comunidade de Linha Urutu.

No local, havia sinais de luta e marcas de sangue pelo chão, onde Douglas foi morto. A perícia constatou que houve tentativa de estrangulamento e ele foi executado com um disparo de arma de fogo na cabeça. Em seguida, os executores queimaram parte do corpo e jogaram de cima da construção em um barranco, onde foi encontrado pelo seu irmão no dia seguinte.

Passados 30 dias do crime, a família e os amigos clamam por uma solução e esperam que os autores sejam identificados e paguem pelo que fizeram.

A investigação está sendo comandada pelo delegado Dr Breno Machado, da Delegacia de Chopinzinho, o qual disse que várias pessoas foram ouvidos e o trabalho está andando. O crime, segundo o delegado, foi qualificado como latrocínio, tendo em vista que a caminhonete de propriedade da vítima foi levada na ocasião e até o momento não foi encontrada.

Por enquanto, segundo a polícia, não há nenhum suspeito preso.

Fonte: Site Rádio Chopinzinho

Deixe um comentario

Estamos felizes por você ter optado por deixar um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados de acordo com nossa política de comentários.