Ouça agora na Rádio

Ouça agora

Região ativa mais 38 leitos de enfermaria para tratamento da Covid-19

Região ativa mais 38 leitos de enfermaria para tratamento da Covid-19

Postado em 02/03/2021 por

Compartilhe Agora
Imagem Ilustrativa

O enfrentamento à Covid-19 continua exigindo esforços dos gestores de saúde em todo o Paraná. No fim de semana, o governo anunciou a ativação de 148 leitos — 55 de UTI e 93 de enfermaria — para atender pacientes com a doença e, destes, 38 leitos de enfermaria foram abertos, e já estão sendo usados, no Sudoeste.

As instituições de saúde que receberam as estruturas na região são: Casa de Saúde Santa Izabel do Oeste (dez leitos de enfermaria); Fundação Hospitalar da Fronteira, de Pranchita (oito leitos); Hospital Maternidade São Judas Tadeus, Dois Vizinhos (cinco leitos); e Hospital Pró-Vida, de Dois Vizinhos (15 leitos). Na semana passada, foram abertas vagas de UTI no Hospital Regional do Sudoeste, em Beltrão (seis leitos), e no Hospital Santa Pelizzari, em Palmas (três leitos).

O diretor-geral da Fundação Hospitalar da Fronteira, Elerson Henrique Paschoal Lange, confirmou ao JdeB ontem que os oito leitos ativados no local já estão em funcionamento e recebendo pacientes. A instituição atua como “porta aberta” para outros municípios da região, como Pérola D’Oeste e Bela Vista da Caroba.

Ontem, 1º, havia até mesmo um paciente de Capanema internado na fundação.Segundo Elerson, dos 39 leitos existentes, 17 estão destinados para atendimento de Covid, mas não ao mesmo tempo, pois a capacidade varia conforme o fluxo no hospital e o consumo de oxigênio. Como não há UTI no local, os leitos de enfermagem são preparados para atender casos mais graves da doença; a fundação conta com um respirador — que ontem estava sendo usado por um paciente de 81 anos — e um carrinho anestésico com respirador.


UPA de Francisco Beltrão
A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Francisco Beltrão também abriu nos últimos dias seis novos leitos de observação/enfermaria — não foi confirmado se o investimento é do município. Antes, eram dez leitos e agora a unidade passa a trabalhar com 16. A Secretaria de Saúde não informou, até o fechamento desta matéria, a taxa de ocupação, mas disse que “fluxo de consultas está bem elevado”.


Ocupação de leitos no Estado
Dados da Regulação de Leitos Estadual mostram que, na manhã de ontem, o Paraná tinha 3.650 pessoas internadas em leitos Covid e 616 aguardando transferência, sendo 387 pela Regulação do Estado e 229 pela Central Metropolitana de Leitos de Curitiba. Os números são os maiores desde o início da pandemia.A taxa de ocupação de leitos no Estado do Paraná era de 92% das UTIs e 72% de enfermarias.

Fonte: Jornal de Beltrão – Aline Leonardo

Deixe um comentario

Estamos felizes por você ter optado por deixar um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados de acordo com nossa política de comentários.