Ouça agora na Rádio

Ouça agora

18 de Maio – Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

18 de Maio – Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

Postado em 18/05/2020 por

Compartilhe Agora
Não se cale. Denuncie.

O dia 18 de maio marca o dia “D” de combate a violência e exploração sexual de crianças e adolescentes em todo o território nacional onde escolas e entidades discutem estratégias e ações para agir contra os responsáveis por esse crime. A Promotora de Justiça da Comarca de São João Thayná Regina Navarros Cosme destacou que a principal ferramenta é a orientação: “… as crianças em especial demoram um pouco para assimilar a situação. Muitas vezes se sentem até culpadas por aquela violência sofrida. Então com a informação, ou seja, sabendo que aquela situação por ela vivenciada é na verdade um crime que possui conseqüências ela saberá que é uma vitima e que pode e deve procurar ajuda…” destacou a promotora.

Segundo dados do Governo Federal mais de 70% deste tipo de violência ocorrem dentro de casa onde as crianças e adolescentes são atacadas por pessoas próximas de confiança como pais, avos, irmãos e vizinhos. Também segundo a Dra. Thayná Promotora de Justiça nesses casos é importante identificar sinais que demonstrem esse abuso: “…mudanças de comportamento, alterações de humor, vergonha excessiva, medo, agressividade repentina, silencio, mudança de hábito, sono excessivo, falta de concentração além de traumatismos físicos, sinais de marcas de agressão e também queda no rendimento escolar são alguns dos indícios de abusos dentro de casa…” concluiu.

Ao se observar esses sinais é importante conversar com essa criança ou adolescente passando confiança fazendo perceber que a vítima tem alguém que vai defendê-lo. Ao identificar o abuso explicar que eles (crianças e adolescentes) podem e devem falar não, passando a informação que ninguém (jamais) deve tocar em seu corpo. É também importante ressaltar que o adulto que comete abusos e pede para manter o segredo, isso não pode ser levado em consideração e sim levar ao conhecimento a alguém de confiança daquela criança ou adolescente. Quando a vítima e o agressor são do mesmo grupo familiar a denuncia dá lugar a omissão. Porém se um familiar daquela criança ou adolescente que esta sofrendo abuso “se omitir” e não levar os fatos ao conhecimento das autoridades o mesmo pode também ser responsabilizado. Denuncias podem ser efetuadas através do 181, Disque 100, Policia Militar e Conselho Tutelar de São João 46 9 9113-8880 e 46 9 9115-1197, Delegacia de Polícia Civil 46 3533 – 1479, Promotoria de Justiça da Comarca de São João 46 9 9907-1697. Policia Militar e Conselho Tutelar de Sulina: 46 9 9904-4959 e 46 9 8401-3942. Policia Militar e Conselho Tutelar de São Jorge D’oeste: 46 9 9921-9400 e 46 9 8826-2278. Não se cale. Denuncie.  O dia 18 de Maio – “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”, instituído pela Lei Federal 9.970/00, é uma conquista que demarca a luta pelos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes no território brasileiro e que já alcançou muitos municípios do nosso país.

18 DE MAIO DE 1973

Esse dia foi escolhido porque em 18 de maio de 1973, na cidade de Vitória (ES), um crime bárbaro chocou todo o país e ficou conhecido como o “Caso Araceli”. Esse era o nome de uma menina de apenas oito anos de idade, que teve todos os seus direitos humanos violados, foi raptada, estuprada e morta por jovens de classe média alta daquela cidade. O crime, apesar de sua natureza hedionda, até hoje está impune. A proposta anual da campanha, que nesse ano comemora o 20º ano de mobilização, é destacar a data para mobilizar, sensibilizar, informar e convocar toda a sociedade a participar da luta em defesa dos direitos de crianças e adolescentes. É preciso garantir a toda criança e adolescente o direito ao seu desenvolvimento de forma segura e protegida, livres do abuso e da exploração sexual.

Departamento de Jornalismo Rádio Pirâmide FM 99,1

Link da Notícia

Deixe um comentario

Estamos felizes por você ter optado por deixar um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados de acordo com nossa política de comentários.